Fechar

Livre-se da Compulsão

A compulsão se apresenta de variadas formas, desde o consumo excessivo de açúcar até o uso abusivo de drogas lícitas e ilícitas.

O combate à compulsão só é possível com a quebra do seu circuito, ou seja, com a decisão de retirar-se, ainda que por um período curto de tempo, de seu dia-a-dia, de sua rotina.

Livre-se destes comportamentos e ganhe acesso a um imenso volume de energia que poderá ser usado para impulsionar sua vida e seus projetos.

No mês de julho, o Vida Livre – Saúde Emocional iniciou as atividades de imersões voltadas para o tratamento da compulsão.

Tome uma decisão que pode mudar sua vida.

Ligue e informe-se: TELEFONE - TELEFONE

  • Entrada
  • 12998456_155238218206364_1917766852297990642_n
  • 13012890_155236524873200_1031852379620126405_n
  • 13012617_155238228206363_5287924972030169104_n
  • 13043715_155238321539687_8320524943569119914_n
  • 13012764_155236521539867_6940516044406386466_n

Raízes e Asas

Raízes e Asas é um processo intensivo de autoconhecimento, que tem como objetivo a reconexão com a criança interior, promovendo a integração harmônica do ser, reavivando o desejo de transformar positivamente relacionamentos afetivos com pais, irmãos, cônjuges, filhos, amigos, chefes, colegas de trabalho e outros.

Consiste em uma imersão às raízes do participante (Pai e Mãe), utilizando combinações de técnicas terapêuticas como meditações ativas, catarses emocionais e induções mentais dirigidas.

Em razão da influência da infância na formação da personalidade adulta, o processo propõe ao participante revisar toda a sua vida.

Na infância, consciente e inconscientemente, tentamos preencher nosso anseio por amor incondicional adotando padrões de nossos pais e das pessoas que tenham influenciado de alguma maneira na nossa educação.

Quando adultos, agimos de forma automática e compulsiva, reproduzindo o comportamento daqueles que nos influenciaram, restringindo, assim, a nossa própria identidade, bloqueando nossa capacidade de amar; prendendo-nos a valores efêmeros e crenças limitantes; criando em nosso corpo acúmulos de tensões, que muitas vezes culminam em doenças psicossomáticas resultantes dos conflitos internos entre as emoções e os pensamentos.

É um verdadeiro divisor de águas pois, é possível acessar traumas que culminam em comportamentos distorcidos, tais como a repetição involuntária de comportamentos destrutivos, depressão, medos, insegurança, ansiedade, doenças, vícios, problemas sexuais, problemas profissionais e de relacionamento com dinheiro.